Cabeço do Mocho Tinto

Identificação

Nome: Vinho Tinto Quinta das Camélias Cabeço do Mocho 2012
Denominação de Origem: Regional Terras do Dão
Produtor: Jaime de Almeida Barros

Fatores de Qualidade

Clima: Mediterrânico
Solo: Predominantemente xistoso com afloramentos graníticos
Casta: Touriga Nacional, Alfrocheiro, Tinta Roriz e Jaen

Tecnologia Vitícola

Tipo de Plantação: Densidade de 3500 a 4000 pés por hectare
Tipo de Poda: Cordão duplo, Cordão simples e Guyot
Tipo de Condução: Monoplano vertical ascendente
Rendimento por hectare (ton./há): 5 ton. de uvas por hectare

Tecnologia Enológica

Tipo: Clássica com maceração pelicular
Fermentação: Com temperatura controlada até aos 28ºC durante
8 dias

Estágio

6 meses em carvalho francês e americano tosta média

Parâmetros Analíticos

Teor alcoólico: 13,8% Vol
Acidez total: 5,25 g/dm3
Extracto seco: 30,0g/dm3
Açucares redutores: 2,2G/dm3
pH: 3,54

Prova Organoléptica

Aspeto: Brilhante
Cor: Rubi profundo com nuances grená
Aroma

Este vinho expressa, na sua plenitude, o caracter singular dos vinhos do Dão. Criado a partira das castas, Tinta Roriz, Jaen e Touriga-Nacional, na Quinta das Camélias, é um vinho repleto de juventude e personalidade.
Demostra uma magnifica cor rubi com reflexos purpura e um aroma fresco com notas salientes de frutos silvestres, como a framboesa e o mirtilo. Revela sabor equilibrado e macio com expressão de notas mentoladas e de bosque. Apresenta um final de boca longo e harmonioso. Deve ser servido a 16-18 º a companhar pratos de peixe assado e carnes brancas.